Você tá feliz com quem você tem se tornado?

Um dia desses me peguei pensando (de madrugada, claro hahahah’) sobre tudo que já passei na vida, em especifico os 3 últimos anos.

Não sei se já passaram por isso ou se vão passar, mas foram dias difíceis onde eu tive que resgatar a Mayara que eu era e aprender a ser ela de novo, só que na minha melhor versão. Meio confuso eu sei, mas vou explicar tudinho.

Mais ou menos em 2014, talvez antes e eu não tenha percebido, comecei a agir como um robô. Aí você me pergunta, como assim?! Talvez várias de vocês estejam assim e não tenham percebido... Coloca aí a sua cabeça pra funcionar junto com a minha.

Você quer sempre agradar a todos?

Tenta sempre ser perfeita, fazer tudo perfeito?

Tenta sempre corresponder às expectativas que os outros tem de você?

Indo mais profundo... Você não se reconhece mais??

Bom, eu sempre fui uma pessoa muito alegre e comunicativa, sempre fui aquela que ri alto e “fala com as mãos” sabe?! E apesar de tudo (quem me acompanha sabe do que estou falando) sempre tive muita facilidade em conhecer pessoas novas e fazer novas amizades.

Mas de um tempo pra cá eu percebi que andava me contendo muito, não era mais aquela pessoa alegre e que chegava ‘’chegando’’. Tudo pra entrar nos estereótipo de menina fofinha e bonitinha e contida que a sociedade (pelo menos na que eu vivo hahahah’) tem como ‘’perfeita’’.

Quando minha ficha caiu do que estava acontecendo, parecia ser tarde demais, sentia que a Mayara estava morrendo aos poucos e que isso vinha acontecendo a muito tempo. Mas resolvi tentar entender como cheguei ali e quando percebi tudo isso que citei ali em cima eu corri atrás de mim desesperadamente. Queria ser EU mesma de novo, queria aquela Mayara de novo e cada vez mais eu corria desesperadamente atrás de mim. Alguns dias batia o desânimo e às vezes deixava ele me levar (não façam isso, por favor). Mas me levantava, sacodir a poeira e me levantava novamente.

Voltando ao 1º parágrafo, no dia em que me pensei sobre o tudo o que já passei, percebi que corri uma maratona e estava correndo os últimos metros pra enfim cruzar a chegada e poder comemorar. Corri essa maratona no meu tempo, e sabe?! Valeu à pena....

Hoje percebo que sou a mesma Mayara que eu era aos 18 anos, mas uma Mayara melhorada, na versão 2.9. Uma Mayara mais madura claro, mas sou a Mayara que EU me orgulho.

Ainda tenho algumas coisas pra alcançar nessa maratona, mas já estou feliz demais, pois “eu tive coragem de começar” e cheguei até aqui.

Sei que ao longo da minha vida terei outras maratonas pra correr, e espero ter mais coragem ainda e começar sem pensar 2 vezes.

E você?

Você tá feliz com quem você tem se tornado?

Um Beeijoo e até o próximo post! =**

#Conselhos #sejaforte #sejavoce #mayaradrumond #Quemevoce

SIGA-ME

Mayara Drumond

Compartilhando com amor!=D

  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone Instagram

POSTS RECENTES: